Emissão de NF-e – Devolução Entrada

 

Esse post ensinará você a editar, alterar, emitir/transmitir e imprimir uma NF-e de devolução entrada (CFOP 1202 ou 2202) para os casos em que o seu cliente está devolvendo as mercadorias que comprou.

Requisitos

  • Versão 7 do ERP Autocom3.
  • Certificado digital A1 ou A3.
  • Uninfe e Unidanfe instalados e configurados.
  • Regime tributário configurado no Autocom3.
  • Produtos corretamente cadastrados.

Procedimentos

Iremos mostrar abaixo os procedimentos para emissão de uma NF de Devolução entrada. Esse tipo de operação é para quando um cliente devolve uma venda ou caso uma venda que deveria ser cancelada perdeu o prazo.

Caso deseje fazer uma TROCA, onde o cliente devolveu o produto e deseja levar outro como troca, deve-se usar a função de TROCA, nesse link: http://docs.autocom3.com.br/2019/07/05/trocas/

No menu vertical, clique em “Vendas“;

Na tela seguinte, clique em “Emitir Nota Fiscal“;

Clique em “Novo“.

Clique em “Incluir“, para abrir a edição de uma nova Nota.

Escolha o modelo de Nota que irá realizar a emissão. O modelo NF-e é o mais utilizado, pois é o modelo que emite uma DANFE.

Escolha o CFOP 1202 – Devolução (Entradas) – Estadual ou 2202 Devolução (Entradas) – Interestadual. Verifique também o estado que o cliente que constará na nota, pois se for de um estado diferente da sua loja, deve ser utilizado a opção interestadual e no cadastro de tributações deverá ter o cadastro das tributações referentes ao estado em questão.

Inclua o cliente na nota

Clique na lupa do Cód. Cliente para pesquisar o cliente que receberá a Nota.

Pesquise pelo o cliente, selecione-o com um clique e clique em “Confirmar“.

Inclua os itens com importação dos itens

Clique em “Itens” para adicionar os produtos na Nota.

Notas de devolução tem a característica de ser uma NF que terá os itens de uma NF de uma venda já realizada. Como temos esse histórico no sistema, podemos importar essa venda utilizando o recurso de importar itens, clicando no ícone abaixo:

Escolha o documento (tipo de nota) que deseja importar e o custo que irá utilizar (CVM, Preço de custo atual do cadastro, Preço de Venda Atual ou o Preço Doc (Preço que foi lançado na nota emitida. incluindo descontos):

  • Cupom Fiscal ou NFC-e – Importar de vendas feita no PDV, necessário a data, o número da nota e o número do caixa onde foi feito a venda que deve ser importada

  • Nota Fiscal de Fornecedor – Importar de uma Nota de entrada (compra) que foi lançada no sistema, seja manualmente ou por tratamento de XML. Necessário o código de barras do autocom3 da NF e tem uma pesquisa de notas para auxiliar a localizar.

  • Nota Fiscal do Estabelecimento – Importar uma Nota Fiscal (NF-e, NFC-e, NF-S ou interna) que foi emitida anteriormente. Necessário o código de barras do autocom3 da NF e tem uma pesquisa de notas para auxiliar a localizar.

  • Preços alterados recentemente – Pode ser feito um filtro de dias em que houve alteração de preços nos produtos e importar esses produtos.

Após escolher o documento, os itens serão exibidos e você poderá escolher importar todos itens ou apenas os selecionados (1). Ao finalizar clique em Concluir (2).

Com isso os itens serão importados para a nota:

Incluindo os itens manualmente

Caso não importe os itens, pode-se seguir o processo padrão de inserir os produtos manualmente. Para isso clique em “Incluir“, para adicionar um novo item.

Após isso, digite o código do produto ou leia com o leitor de código de barras para adicionar o produto. Caso não tenha o código a mão ou o leitor, clique na lupa para procurar o produto.

Pesquise pelo o produto que deseja incluir na Nota, selecione e confirme:

Digite a quantidade de itens, preste atenção nos valores e salve o produto clicando em “Salvar“.

Caso haja mais produtos, basta repetir o procedimento para incluir os outros produtos.

Quando terminar de incluir os itens, o sistema informará a quantidade de itens e o preço total, basta pressionar “Sair” para voltar a tela de edição de Nota.

  1. Selecione a condição de pagamento em “Cond. Pagamento” – Use a opção Dinheiro, pois em devoluções não á forma de pagamento definida;
  2. Informe o Vendedor Principal – Caso não tenha um definido use o vendedor LOJA;

Obs: Todas as informações acima são obrigatórias.

Documento referenciado

Em notas estaduais, não é obrigatório referenciar outra NF na devolução, porém pode ser usado para controle interno. Já em notas interestaduais é obrigatório referenciar a NF de saída. Para isso clique em documentos referenciados:

Agora clique em NF-e (1), insira a chave da nota de saída (2), o modelo da nota de saída (NF-e ou NFC-e) (3) e clique em incluir (4).

Podem ser incluídas quantas notas forem necessárias, até o limite de 500 notas.

Após isso, salve a Nota clicando em “Salvar“.

O sistema trará uma tela de resumo da nota, confirme para ver se está correto e clique em “Gravar“.

Agora basta autorizar a NF, selecionando a NF, clicando em “Funções” e “Autorizar e Faturar”.

Print Friendly, PDF & Email